Um lugar para os que são, os que ainda não são e os que não vão chegar a ser, conversarem e trocarem experiências.

Wednesday, May 02, 2007

Privilégio dos que tentam

Sábado à noite. Em companhia daquela quase cerveja, curtindo a minha nova vida de solteiro. Depois de três anos juntos você meio que se esquece como paquerar. Mas nada como algumas latinhas pra reaprender, noé?
- Tudo bem? – pergunto ao carinha bem gracinha dançando sem camisa e de cueca quase toda de fora. Branca.Nham nham.
-Oi. – responde ele com uma expressão meio Paris Hilton.
- Tá sozinho?
- E vou continuar.
Ui!
- E vai mesmo, meu filho. Você com essa cara de acidente de trem na Índia...Só perguntei porque sou fiscal do IBAMA, tá? Queria saber se você já foi catalogado, ô tracajá-bandeira do papo amarelo!
Saí pela direita, deixando o espécime meio sem ação. Ele nem era lá essas coisas mesmo. E eu nunca soube perder.
Mais uma chance?
- Oi.
- Oi – responde o gatinho que parece estar ali só em corpo.
- Er...Legal aqui, né?
- É.
-Tá sozinho?
- Não. Dá licença? Eu vou ali pegar uma cerveja.
- Mas tem cerveja aqui não, rapaz, só nova schin!
Eu gritei, mas ele já tinha ido embora, abrindo caminho pela multidão. Não se pode ganhar todas, né?
- Esse seu amigo é muito complicado – digo ao rapazinho que estava andando com ele.
- É meu namorado.
O.K...
- Bem...O seu namorado é muito complicado!

Falei com a cara-de-pau mais perobada do mundo. Tá no inferno? Se abrace com o cão!! E se ele for gostosinho melhor...Epa, peraí. Aquele branquinho ali, ó, caro público. Aquele branquinho olha pra mim! Será que conheço de algum lugar? Claro! Claro que sim. Anda fuçando meu orkut. Percebo que ele sai da boate “me convidando pra dançar sem sair do lugar”, como diria a filha maravilhosa (e meio fanha) da segunda maior cantora do Brasil. Depois de Bethânia, claro.
Vamos pra uma melhor de três?
Lá fora está mais ventilado. Percebo o moço sentado numa cadeira com olhos firmes nos meus. Sento ao seu lado.
- Oi.
É tudo que digo, desta vez não vou me arriscar com a boca. Só com a língua.
E a noite rende. Rende. Muito.
Deitado na caminha do gatinho que mora só (vejam que coisa mais queer as folk!) sorrio um pouco ao lembrar a frase de um amigo: o fora é privilégio dos que tentam. O negócio é se jogar!
Passo as mãos de leve em suas costas lisas. E ele acorda. Ainda sorrindo.
Falem a verdade:vocês também não adoram sexo pela manhã?

7 Comments:

Blogger FOXX said...

bem li tudo
achei seus textos perfeitos
com um humor afiado e maravilhoso
mas sinceramente naum sei quem vc é...

ajuda ai?

9:28 PM

 
Blogger Lord Fabricio said...

Oi David blz? Adorei esse seu blog e já estou linkando nos meus favoritos! Eu concordo plenamente contigo: sexo pela manhã é divino... E que fogo hein??? Amei vc e espero suas visitas tbm...

Mil beijocas do Lord!

7:30 AM

 
Blogger BinhoSampa said...

Cara, manero o seu blog, vou voltar com mais calma para ler ele.

E a noite rendeu para você, hein? Legal. O negócio é se arriscar sempre. O máximo que receberá é uma palavra bem pequena, não!

Fazer sexo pela manhã, antes do café da manhã, é tudo de bom!!!

Abs e Inté.

3:10 PM

 
Blogger Vinny Potter said...

Nossa... Amei todos os seus posts... Pretendo voltar sempre que possivel :)
Abração...

7:52 PM

 
Blogger Ricardo Mantler said...

Elis é a maior.

Não discuta comigo!

3:45 AM

 
Blogger Chica said...

tracajá bandeira????
pior que a sapa manca kkkkkkkkkk

7:01 PM

 
Blogger Chica said...

A-DO-RO!!!!

7:07 PM

 

Post a Comment

<< Home